Publicado por: Jotacê | outubro 3, 2008

Post do leitor – A Bela Adormecida (Brasil 2008 x México 2003)

Resolvi publicar hoje um ótimo material preparado pelo leitor Bruno Arrienti, que comparou em texto e imagens duas edições em DVD de “A Bela Adormecida” (originalmente publicado aqui).

Vale a pena a leitura completa, já que para efetuar tal comparação, o Bruno automaticamente fez uma resenha do material da edição lançada aqui. Aproveito para elogiar a qualidade (tanto na forma quanto no conteúdo) das informações fornecidas pelo autor do post! Valeu Bruno!

——

Comparativo entre La Bella Durmiente – Edición de Lujo (México) e A Bela Adormecida – Edição Platinum (Brasil)

Resolvi fazer esse comparativo porque alguns têm a edição mexicana que, afinal, possui todo o material, inclusive menus, traduzido para o português do Brasil, além de ser mais completa do que a edição nacional anterior. Assim poderiam surgir dúvidas acerca da conveniência de adquirir ou não a nova edição platinum.

Apresentação do produto

As duas edições possuem uma apresentação e acabamento interessantes. A edición de lujo mexicana vem num estojo diferente, visto apenas em algumas edições importadas, mais largo e com compartimentos separados para cada disco. A edição platinum, por outro lado, apresenta uma luva metalizada.
Os dois DVDs têm uma bela arte na capa, entretanto tanto numa edição quanto na outra persiste o velho problema das feições dos personagens não corresponderem exatamente ao que se vê no filme. Também nas duas versões os discos são pintados em toda a superfície, sem o centro prateado. Eis algumas fotos:

001

002

003

Disco 1

Os menus do disco 1 são animados nas duas edições. Na edición de lujo o menu mostra o vestido de Aurora mudando de cor enquanto dança com o príncipe Felipe; simples e de bom gosto. Já na edição platinum há a majestosa imagem do castelo com alguns passáros passando de vez em quando, também simples e bonito.

Menudisco1

Na edição mexicana, o filme é apresentado no aspecto de tela originalmente exibido no cinema. Já na edição platinum preferiu-se optar por aproveitar ao máximo a arte produzida pelos artistas e animadores para o technirama 70mm.
Nas fotos seguintes, cuidou-se para que fosse registrado o mesmo exato frame em cada uma das duas versões (note a diferença na quantidade de informação entre as duas edições):

Filmeproje

As duas edições possuem alguns extras relativamente descartáveis no disco 1: jogo e “Estúdio de Pintura” na edición de lujo, e videoclipe, músicas e “próximos lançamentos” na edição platinum.

Em compensação, ainda no disco 1, há extras muito interessantes em ambas edições.
Na edição platinum encontramos dois extras que não estão presentes na edición de lujo. Assim temos uma faixa de comentários em áudio, devidamente legendada, para ser ouvida enquanto se assiste ao filme; infelizmente, nesse caso, só é possível ouvir os diálogos do filme no áudio original, em inglês. Há ainda, também somente na edição platinum, um extra chamado Curiosidade de Princesa que, quando acionado, mostra algumas informações em texto a respeito da história e da produção durante o filme (notei que esse extra pode bagunçar o áudio e a legenda se acionado no meio do filme com a faixa de comentários também ativada).

Para completar a lista de extras disponíveis no disco 1 da edição platinum, há ainda o premiado curta Grand Canyon (aprox. 28 min) que mescla imagens da natureza no Grand Canyon com a suíte musical homônima de um renomado compositor, e um outro curta A História de Tchaikovsky (aprox. 49 min) que conta um pouco a história do compositor e seu envolvimento com o conto que inspirou o filme da Disney. Esse extra é possível assistir em duas versões muito interessantes, com uma introdução de Walt Disney em pessoa informando que após o curta assistir-se-ia então alguns trechos de “A Bela Adormecida” na primeira transmissão em widescreen da história da TV (e a gente em pleno século XXI tendo ainda que agüentar as mutilações promovidas pelas distribuidoras brasileiras…).

Numa das versões disponíveis para assistir a esse extra, Walt Disney também explica como assistir à transmissão em som estéreo com o uso de rádios concomitantemente ao áudio da TV. Enfim uma curiosidade muitíssimo interessante acerca da tecnologia mais avançada existente na época em que “A Bela Adormecida” estreou nos cinemas.

Esses dois curtas estão presentes também na edição mexicana, mas no disco 2. Todavia apenas na edição platinum há as duas versões de “A História de Tchaikovski” com a curiosa e interessante introdução de Walt Disney.

A edición de lujo, em compensação, traz ainda no disco 1 um bom – porém curto (aprox. 16 min) – making of que não está presente na edição platinum, pelo menos não da mesma forma e não no disco 1…

Disco 2

Como já se poderia prever, é no disco 2 das duas edições que encontramos a maior parte do material extra.
Na edição platinum há um menu que leva para duas diferentes áreas de extras: “cabana” que possui jogos e atividades, e “castelo” onde está o conteúdo mais interessante.

Dsc04353zi4

Já na edición de lujo há apenas um menu principal direto, dividido em duas “páginas”.
Eis algumas fotos dos menus das duas edições (mexicana acima, e platinum na parte inferior):

Menudisco2

Na edição platinum temos diversos extras, iniciando por Imagem Perfeita: por trás das câmeras de “A Bela Adormecida” que é nada mais do que um documentário de aproximadamente 43 minutos acerca da produção do filme. Ainda não pude conferir direito, mas acredito que boa parte do making of contido no disco 1 da edición de lujo deve estar presente aqui.

Eyvind Earle: o homem e sua arte (aprox. 7 min) e Seqüência 8 (aprox. 5 min) são extras muito interessantes a respeito da dificuldade de se fazer um longa-metragem de animação como “A Bela Adormecida”. Esses extras mostram toda a complexidade de se desenhar detalhadamente cada frame, principalmente a famigerada “seqüência 8” que estourou o orçamento e quase fez a Disney falir.

Depois tem Abertura Alternativa que são aproximadamente 3 minutos de storyboards, músicas inéditas, seqüência de storyboards, referência de ação ao vivo (aprox. 2 min) que também está presente na edição mexicana, Galerias de Arte, dois modos de Passeio pelo Castelo da “A Bela Adormecida” e A História do Passeio pelo Castelo na Disneyland que acabou sendo desativado há muitos anos.

Há ainda na edição platinum o extra Imprensa, com trailers do filme, e o documentário muito interessante Quatro Artistas Pintam uma Árvore (aprox. 16 min) também presente na edição mexicana.

Aliás, tirando esse documentário, muito pouco do material do disco 2 da edição platinum está presente também na edición de lujo.
Destarte, no disco 2 do DVD mexicano encontramos os mesmos curtas presentes no disco 1 da edição platinum: Grand Canyon (aprox. 28 min) e A História de Tchaikovsky que sem a interessante introdução e contextualização de Walt Disney tem aqui duração de apenas 30 minutos contra os 49 minutos da edição platinum.

Na edição mexicana, também encontramos no disco 2, no submenu História, algum material em texto e storyboards. Em Produção há uma série de vídeos que totalizam aproximadamente 10 minutos que explicam alguns aspectos da produção e que, s.m.j., devem estar todos inseridos no longo documentério da edição platinum.

Por fim, há ainda Galerias e Livro de Rascunhos de “A Bela Adormecida” que contêm algumas fotos e imagens da produção, do filme, de storyboards e de material de divulgação, acredito que todos também presentes nas “Galerias de Arte” da edição platinum.

Conclusão

A edição platinum possui um material extra mais extenso, abrangente e organizado do que a edición de lujo do México. Caso não se queira substituir essa edição para preservar o aspecto de tela original dos cinemas e/ou manter o “exótico” estojo duplo, vale no mínimo adquirir a edição platinum para tê-la, então, ao lado da edição mexicana.

Anúncios

Responses

  1. É, quase, sem comentários!!!!
    Bruninho fez um trabalho de mestre, com essa comparação, se alguém ainda estava com dúvidas….
    Eu tive esse desenho em VHS, de uma coleção que assinei da Disney, e recebia um lançamento por mês, ( isso há tempos, claro ).
    Agora com todos esses extras que o Bruno comentou, fica muito difícil deixar passar mais esse título da Disney. Apesar de ser uma colecionadora, ando “pesando” muito os DVDs adquiridos e nos últimos tempos só compro mesmo aqueles que sei, vou realmente passar horas, vendo e revendo. Nisso, deixei de lado muitos DVDs da Disney. Mas A Bela Adormecida junto com Branca de Neve, e Cinderela, são os “clássicos românticos”, que nunca cansarei de ver.
    Depois de ter me emocionado com os extras de Guerra nas Estrelas, descobri o quão prazeroso é, ver e rever os passos da criação de um grande filme/desenho. Criação, edição, escolha da trilha sonora, enfim, tudo. Qdo os extras são bem “selecionados”, eles acabam nos dando uma outra visão do filme ou desenho que acompanham.
    Bruninho, parabéns pelo texto.
    Juliano, parabéns pelo Blog

  2. Excelente comparação !

  3. Em uma única palavra: FANTÁSTICO!!!

    Esse maravilhoso texto de nosso excelente colega Bruno vem apenas dar “calaboca” em pessoas, como a já folclórica Tina, que acham que “não temos conhecimento para falar do que não entendemos”.

    Meus mais sinceros e completos parabéns Brunão!!

  4. Bruno, meus parabéns! Ótima matéria.

    Comecei a colecionar clássicos Disney em DVD depois que comprei o Rei Leão para o meu filho.
    Muitos deles tenho tentado encontrar mas infelizmente estão fora de catálogo. Esse aí da Bela Adormecida eu vou comprar de qualquer forma pois não temos ainda.

    O mais legal da sua matéria foi poder saber que em outro país, no caso o México, saiu o DVD duplo com idioma em Português do Brasil.

    Sempre que posso entro nesse blog legal para aprender um pouco com vocês.

    Obrigado,

    Bruno e Juliano.

  5. Ótima comparação, parabéns.
    Aqui vai uma idéia. Que tal fazer uma compraração entre o dvd simples e o duplo de indiana Jones e o reino da caveira.
    Abçs, vou aguradar esse post.

  6. Excelente review, Bruno, obrigada por compartilhá-lo conosco. Estou seriamente tentada a adquirir esta edição.

  7. Olá galerinha,

    Estava desaparecida né? Na verdade estava pensando em uma boa resposta para dar a vocês sobre a ovacionado do meu comentário. Tenho que me defender, mas estou com um pouco de pressa pois estou em plenas férias e não pretendo gastar o meu tempo de diversão frente a uma máquina. Mas lá vai mais um detalhe da comparação México x Brasil, a arte de DVD do México é bem antiguinha não? E para quem não lembra a arte do primeiro DVD de A Bela Adormecida que saiu no Brasil é a arte que a versão chicana está usando no seu “novo” encarte. Ponto para a DISNEY brasileira, ou seja meus caros… nem sempre o importado é melhor. A luva de A Bela Adormecida é linda, super bem trabalhada, a camiseta é superlinda, e o melhor de tudo não é nada promocional, o que permite as menininhas sairem com ela para onde bem entenderem. Outra coisa, a camiseta é pequena sim, mas o comentário do tamanho está na embalagem, e outra a qualidade dela é bem legal sim, peguei na mão e testei, se alguém acha que mesmo assim parece pano de chão, convenhamos…este é um packaging promocional, e diga-se promocional não significa fazer parecerias com a Lacoste ou qualquer outra malharia carésima né!!!!!! Vamos ser racionais!!! Acho que nesta até o nosso amigo Jotacê vai concordar comigo. Ah… ia me esquecendo, não sou estagiária de nenhuma Arvato e nem nada disso, se me lembro da primeira versão do DVD de A Bela Adormecida, pensem bem…não tenho mais idade para ser uma iniciante do assunto…

    Bjs e quando eu voltar das férias, estarei de volta para ser ovacionada de novo. Jotacê… espero que publique meu comentário hein????

    Tina

  8. Taí! Publicado direto, nem precisei aprovar! De férias em casa? Legal!

    E sigo dizendo qua a camiseta é pano de chão sim, e a capa é antiga pois o DVD mexicano é de 2003, como está escrito no título do post.

    Bem-vinda de volta!

  9. E eu continuo achando a capa “chicana”, mesmo antiga, infinitamente mais bonita que a nossa de 2003 (o encaete) e até mesmo que a nova (platinum).

    E acho que é unanimidade aqui que a camisa é feia demais… Mas isso é o de menos. Pra mim, o maior problema de BA foi a disney dar preferencia pras meninas, com essa camisa escrota, e esquecer que o filme vai ser comprado por pessoas de ambos os sexos. Podia muito bem ter lançado o Gift pack, assim como em todo o resto do mundo.

  10. Aiai…that´s brazil!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: